Aqui, lê-se, drama e doçura.

Escrevo meus porquês, sem poréns e sem vírgulas.
Meu mundo é perigoso e opcional.
Sou liberta de correntes.
Vivo.

Deixo ser
Deixo estar
Deixo a vida passar
- Observo enquanto escrevo.
Transformo vivência em palavras
e -
Deixo as palavras invadirem o espaço.

Vendo a vida passar; e escrevendo entre aspas.
(Aqui, lê-se, drama e doçura.)

sábado, 2 de janeiro de 2010

O que te faz feliz?

O que me faz feliz? O amor.

O amor é puro, claro, vem da alma, intenso, contente, eterno, pacífico...
Eu amo para me sentir alguém, vivo, alegre. Amor que me convém.
Amo com o coração. Amo bobamente, estupidamente, Alegremente.
Amo para sonhar, para realizar. Para guardar segredos e esconder os medos.
Amo para não me enganar e não, nunca mais chorar. Para soltar o coração e fazer da vida um simples borrão.
Amo para mudar, emocionar. Crescer e aprender. Seguir sem parar, sem desistir.
Amo para discutir e pedir perdão. Para tentar e falhar, para repetir e conseguir.
Amo não querendo amar, com medo de errar.
Amo para sentir o calor. Para me enrolar e me perder nesse gigantesco e maravilhoso mundo que é o amor.
Amo para não sofrer, para sentir o prazer e a alegria de viver. Amo para dizer “eu te amo” com a vida por um triz.
E você, o que te faz feliz?

4 comentários:

  1. O que me faz feliz?

    O que me faz feliz é ver tanta lenidade e carisma num texto como esse. Isso, sim, alimenta a minha alma e engrandece o meu coração!

    PARABÉNS, por estas belas entrelinhas!

    Estou seguindo o seu blog, ok? =)

    Se puder, por favor, faça parte da nossa comunidade - sim, esta também é sua já que escreves =)

    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=96229629

    Incontáveis abraços.
    Feliz 2010.

    ResponderExcluir
  2. Deveras, amigo. Não sabe como fiquei feliz em ler um elogio tão sublime como esse. Obrigada mesmo (: ; Pode deixar. Feliz 2010 p'ra você também.

    ResponderExcluir
  3. Amor até agora só me trouxe sofrimento. Mas vamos ver né, tenho muito ainda pela frente, assim eu espero.

    E como eu já disse uma vez na Genevieve, eu adoro seus textos.

    ResponderExcluir
  4. Sim Lana. O amor é conhecido por sofrimentos, desgraças, dores... Mas o amor verdadeiro lhe trará só alegria no fim de tudo.

    obrigada, querida.

    ResponderExcluir