Aqui, lê-se, drama e doçura.

Escrevo meus porquês, sem poréns e sem vírgulas.
Meu mundo é perigoso e opcional.
Sou liberta de correntes.
Vivo.

Deixo ser
Deixo estar
Deixo a vida passar
- Observo enquanto escrevo.
Transformo vivência em palavras
e -
Deixo as palavras invadirem o espaço.

Vendo a vida passar; e escrevendo entre aspas.
(Aqui, lê-se, drama e doçura.)

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O que importa é se você é feliz!

Todos nós vamos nos maltratar, pois o mundo vive em guerra, o mundo É a guerra.
Você procura ser o dono da situação, mas um dia se dará conta de que não é nada, apenas mais um que acha ser alguém bastante importante.
Talvez seja, basta fazer alguma coisa para mudar o mundo, o que você faz para mudar o mundo ?
Vai chegar um dia em que os sonhos irão se acabar e viveremos em um campo de batalha. Hoje, aprendemos a lutar e amanhã, quem sabe morreremos?

O que nos faz estarmos vivos, se tudo a nossa volta é tão ruim?
Você precisa acreditar que há algo bom e buscar por aquilo, ser forte o suficiente para buscar.
O que há de bom aqui?
Felicidade, viva feliz, sorria, não se importe com os outros, pois todos nós sabemos que lá fora vivemos em uma cadeia alimentar. Em nosso mundo externo, apenas nós vivemos, porque o mundo é nosso. E como nosso, logo ele é feliz. Você só precisa fazer com que o seu espaço no mundo atual seja igual ao mundo dentro de você, por isso busque, lute, não importa como, pois a felicidade é para os fortes e o que importa é se você é feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário